“Minha blusa já tinha sumido de vista e sua bermuda tinha parado longe. Por trás daquela minha cara de mulher-independente-que-nunca-se-apaixona estava uma garota normal, insegura e com medo de não ser “boa de cama”. Eu só queria que você gostasse de mim de verdade, no fundo, eu não queria ser só mais uma garota da sua lista, assim como todas as outras, e também não queria que você fosse só mais mais um da minha lista, eu queria ser mais pra você, eu queria ser especial, por mais que tentasse negar a mim mesma e a você também, eu gostava de você e eu esperava que você gostasse de mim também, aliás, eu queria que você me amasse, é, eu queria que você sentisse aquele amor desesperado e forte, mas, tão forte que dá vontade de morrer, eu queria isso sabe? Eu queria aquelas coisas bem clichês tipo “eu vou estar sempre do teu lado”, sempre vi isso em filmes e sempre achei sinceros quando os personagens diziam isso e eu só queria ouvir, pelo menos uma vez. Queria que você gostasse do meu corpo e me chamasse de gostosa, mas, não daquele jeito escroto como se diz pra uma vadia qualquer, mas, sim daquele jeito safado que se diz pra pessoa que ama, eu queria me sentir segura, e queria que fosse verdadeiro. Eu queria você. Não precisa ter aquele romance todo como se fosse a primeira vez, mas também não precisa ser tão seco como se fosse um sexo qualquer. Não precisa ter velas nem nada, só uma luz baixinha e um som agradável, que não esteja tão alto pra que eu possa ouvir a tua respiração. Nunca senti tamanha insegurança, mas hoje, agora, me sinto a pessoa mais insegura do mundo, com medo, medo das tuas conclusões. Promete ser sincero comigo? Promete me dizer tudo o que passar pela tua mente? Usa e abusa, só não me iluda.”

“Mas é que eu tô cansando, cansando de você, das tuas complicações, de tu não tentar fazer nada pra me ver bem, enquanto eu faço tudo por ti. Faço mesmo, eu sei que tu gosta daquelas sms de manhã, e poxa eu mando, eu mando só pra te ver bem. Só pra te ouvir dizendo que gostou daquilo que eu te mandei logo cedo, mas aí chega no dia seguinte, tu nem liga. E eu nunca sei, se é falta de vergonha nessa tua cara, ou se é medo, covardia. Covardia de enfrentar essa barreira de exigências que todo relacionamento tem, medo de enfrentar teu sentimento. Aliás, eu até desisti de você, não quero mais saber, se sentir minha falta você sabe onde me encontrar, porque eu cansei de correr atrás de você, de me derreter toda quando você ta por perto. Até porque eu nem sei o que eu vi em você, tudo bem você é bonito e tem um sorriso lindo, mas, valoriza cara. Você tá me perdendo aos poucos e nem sequer nota, nem se quer se importa. Tu nunca percebe nada que eu faço pra te ver bem, já eu, queria não perceber tudo o que tu faz pra me deixar mal. Esse joguinho já cansou. Agora se tu quiser, tu vem atrás, decide o que tu quer de uma vez, desocupa o canto, se é que me entende. Eu cansei de nunca parecer boa o suficiente pra você, então pensai ai e decide logo o que tu quer. Tu sabe onde me encontrar, mas nem sempre eu vou estar lá.”

“A confusão dentro de mim parece que não tem fim. Eu juro que tentei não deixar isso acontecer de novo, mas não consegui. Eu tentei ser só o que uma amiga é. só isso. Mas tu demonstra outra coisa, as vezes eu acho que tu realmente não quer que sejamos apenas amigos, mas tu só demonstra. Falta atitude, falta confiança em nós dois. Eu sou assim errada mesmo, e tu sabe disso. Eu erro, peço desculpas, vou atrás e tu sempre tá lá, sempre me ajuda porque sabe que eu sou assim, tu não tá desistindo de mim. E é isso que eu peço, que tu não desista de mim, porque eu preciso disso, eu preciso de você do meu lado. Eu nunca sei o que você está, realmente, tentando dizer. Não consigo decifrar essa sintonia que rola entre a gente. Sei lá, ás vezes penso que você quer, mas depois suas atitudes provam o contrário, e assim vai, um ciclo constante. Como eu queria que você chegasse e esclarecesse tudo o que se passa. Vai cara, me diz, tu quer ou não quer? Porque se não quiser, não tem problema, sério mesmo. Eu só não aguento mais esse ponto de interrogação dentro de mim. Me angustia, me assusta, me desampara. As noites parecem mais longas e a insônia voltou a me atingir, não só ela como também todos os problemas que eu achava que tinha superado. Penso até em desistir de tudo, de jogar tudo pro alto, me embriagar, ou me dopar de comprimidos pra dormir, e dormir pra sempre; penso nisso constantemente, mas, não, não estou louca por pensar assim, é simplesmente instinto.”

“A gente passa a vida toda querendo ser alguém melhor, querendo ser alguém que as pessoas querem que sejamos, mas não enxergamos que o melhor de nós é o que somos naturalmente. Tem gente que se veste conforme a moda, passa três quilos de maquiagem, taca photoshop nas fotos para ser mais bonita (o) e ganhar varias curtidas no face. Ser alguém melhor é mais do que isso e ninguém percebe. Se quiser ser alguém melhor não é assim que vai resolver. Não tente ser o que não é. Esquecemos que o essencial é invisível aos olhos e o que precisamos dar mais valor está dentro de nós. O tal problema anda sendo, a gente não se melhora por si, se melhora por outros. Mas a pergunta é “E alguém, ta tentando fazer a diferença por mim, está tentando se melhorar?” Provavelmente não, se teu jeito não é o que todos querem, então eles não gostam de você. Eles gostam de outra pessoa, de outra pessoa que não faz parte de ti, que não é nem a metade do que tu é como pessoa. Porque pode ter certeza, se tu é o que é, é porque deve ser esse alguém. Esse é o teu melhor, somos humanos. Ninguém é suficiente pra ninguém, é difícil achar alguém que seja o suficiente até pra si mesmo. Tu pode tentar mudar, melhorar, fazer a diferença. Sempre vão te exigir mais do que tu consegue ser, mais do que você é, mais do que você pode dar. Bem ou mal, não faz diferença para os outros, faz pra ti. Porque quem tem que se sentir bem é você, quem deve te aceitar é você mesmo não tenta ser quem tu não é, porque a partir do momento que a tua ficha cair e que você ver que ta fazendo tudo errado, a decepção vai ser grande, porque você vai ter afastado pessoas que realmente te aceitavam e que se te conhecessem também te aceitariam. Então cara, seja você mesmo, porque no momento certo virá aquela pessoa e a mesma, aceitará teu cheiro, teus gostos, tuas manias, tua risada, teu sorriso, te aceitará do jeitinho que tu é.”

“É difícil, mas você supera. É assustador, mas passa. Coração esta ferido, mas logo cicatriza. Teve um pesadelo, mas logo vira um sonho lindo. Chorou mas depois vem o sorriso. Caiu mas logo levanta. Se irritou, mas logo se acalma. Falou e depois se arrependeu, isso passa. Não fez, mas quis fazer, faça agora. Xingou mesmo estando errado, peça desculpa. Sentiu saudades vá atrás. Tem suas fraquezas, não demonstre para ninguém. Ama mas não demonstra, tente. Pensou em desistir, mas tenha fé. Quer morrer, mas agradeça a Deus por mais um dia. Sorriu querendo chorar, chore. Tudo que é ruim tem seu lado bom, a vida tem seu lado bom. Então persista, corra atrás, não desista, pois quando você está na escuridão logo sairá o sol. Eu sei que é difícil de acreditar, acreditar que ainda há forças pra ir em frente. Mas a gente encontra força dentro de si mesmo. Abre mão daquilo que não te faz bem, deixa pra lá. Segue em frente. Por momentos difíceis todo mundo passa, a questão é, persistir ou não? Tudo passa um dia, entenda isso, sejam coisas boas ou ruins. Cabe a você decidir se vai seguir em frente ou parar a sua vida. Meu conselho? Viva intensamente, sorria frequentemente e ame descontrolavelmente, sim, ame, mesmo que não tenha dado certo todas as tentativas que você fez, ame, e ame de novo, e de novo, diversas e diversas vezes, é como dizem: “é errando que se aprende”; então erre uma, duas, três vezes se for necessário, mas, faça certo no final. A vida não é feita só de sorriso, eu sei bem disso, mas aprenda, a vida é feita de momentos, não importa se bons ou ruins, eles vão passar, porque depois da tempestade, vem a calmaria.”

Meu próprio nome já não combina mais comigo. Poderia ser chamada apenas de garota nostálgica. Bastava ouvir alguma palavra ou ir a certo lugar que era rapidamente e inconscientemente transportada para dentro de um mar de memórias. A maioria das vezes, as lembranças eram sempre sobre alguém. E esse alguém era sempre ele. Vinham tanto lembranças boas, como as ruins também. Músicas também fazem isso, aliás, a nostalgia vem mesmo é com as músicas românticas, e com uma música em especial. “And I feel that when I’m with you it’s alright, I know it’s right.” Fecho os olhos e simplesmente sinto o toque dele em minha mão, é uma sensação tão boa que me faz sorrir automaticamente. Mas, quando abro os olhos, ele não está aqui. Tento senti-lo novamente, mas a sensação de estar sozinha não deixa, é mais forte. Bela sensação de solidão, bela solidão, que não me esquece, nostalgia maldita! Faz-me lembrar de cada detalhe, cada momento marcante com você, que não pode voltar. E as musicas, ah… As músicas que me levam de volta àquela quarta-feira, me fazem sentir como havia me sentido naquele dia, que aliás, foi um dos melhores da minha vida. Posso senti-lo tocando em minha pele, posso sentir o som da dança dos nossos corpos, o atrito, o calor. Eu sinto uma baita saudade de ti, e me desvaira saber que nada daquilo voltará. O que fazer com esta inundação de tristezas que vêm com a saudade, mistura da solidão com paixão? Mistura cítrica essa; Ruim de se lembrar. Lembranças boas, outrora dolorosas, tanto quanto uma lança que perfura um coração estraçalhado.”

Apesar de tudo, eu amo você.
Sabe aquele dia em que você brigou na rua e machucou o rosto e os dedos? Então, eu estava lá na hora da briga e estava lá também cuidando de você. E quando você ficou mal porque seus pais não paravam de brigar? Eu também estava lá, eu limpei suas lágrimas e ouvi seu desabafo. Mas, e eu? Quando foi que você esteve do meu lado? Meus sorrisos estava longe de serem verdadeiro, e o pior é que você sabia disso; eu vivia com milhões de palavras desesperadas entaladas na garganta, e você sabia disso também, mas nunca, nem um único segundo, você perguntou o porque de eu estar sofrendo assim. Eu adequei minha rotina à sua, eu dediquei toda a minha felicidade a você, eu cuidei de você, eu ouvi você, eu dei conselhos que poderiam até servir pra mim, mas, você nunca retribuiu tudo isso. Olhando pra tudo o que tivemos, eu percebo agora que seu amor não era recíproco, na nossa história só uma pessoa amava, e era eu; eu amava você, eu tinha vontade de amar você desde o momento que eu acordava até depois de dormir, eu tinha vontade de te amar até mesmo quando eu tinha raiva de você, eu te amava até nos meus mais secretos sonhos e mais profundos desejos, mas, você nunca me amou não é? Pelo menos, não de verdade. O pior lado dessa história é que não existe essa de “amava” porque eu ainda amo, com todas as minha forças. Mas por outro lado eu agradeço aos céus hoje por não estar mais contigo. Hoje, olhando para trás, vejo o quanto fui idiota em estar ao seu lado todos esses anos. Você nunca me viu como sua mulher, nunca teve respeito da sua parte, tu nunca nem sequer pensou em retribuir tudo aquilo que fiz a você. Ao contrário, você só me trouxe malefícios. Sempre destruindo tudo que passava pela minha vida, sempre me fazendo sofrer, enquanto eu o amava mais e mais. Mas um dia o amor acaba, e não seria diferente no nosso caso, afinal, você me dava muitos motivos do que o normal pra largar de vez de amar você. Na verdade, eu não deixei de amar, ainda há vestígios desse amor em mim, mas a maior parte dele morreu. E está enterrado, morto e sepultado. Não o quero mais. Não desejo mais voltar no tempo como desejava antes. Não choro rios de lágrimas por você. Não anseio você toda noite. Me canso e me sinto entediada ao pensar em como seria a minha vida hoje se ainda estivesse contigo. Com todos os seus defeitos e manias, que antes me fizeram amar você, hoje me fazem te odiar ao lembra-las.”

Difícil explicar o que sinto quando na verdade nem eu sei.
Quando estou prestes a explodir, quando meu coração dói, quando a mente está uma loucura, quando você sente seu corpo cair. O que fazer? Estou vazia, estou me sentindo alguém sem sentido algum na terra, estou me sentindo inútil. Estou vivendo em solidão, sinto-me sozinha, até minha própria alma se foi. Eu estou confusa, machucada, magoada, solitária. Falta algo, falta alguém. As coisas meio que perderam a graça sabe? Aquelas piadas que sempre me faziam rir, não fazem mais, muita coisa mudou. Acho que esse é o problema, eu mudei muito, tanto que nem me reconheço mais, aquela menina que ria de tudo e pra todos, sinto falta dela, na verdade, mas, na maioria das vezes as coisas mudam naturalmente, de um jeito ou de outro, é preciso deixar tudo seguir seu rumo.Sei que ás vezes, é bom sofrermos mudanças. Mas que mudança é essa que quando tudo acontece você sai de si mesmo? Que papo estranho é esse? Não sou a mesma de sempre, eu sei, mas tive que mudar, querendo ou não. É aquelas mudanças que você muda achando que é uma boa opção. Ou continua na mesma rotina chorando, sofrendo e essas outras baboseiras idiotas que sempre aparecem. As a questão é que eu continuo triste, fui para longe de mim, não me reconheço mais. Eu quero me reconhecer, voltar á mim, voltar a rir. Ser a pessoa que a vida me fez deixar no passado. Me sentir útil, me sentir bem, deitar na cama sem aquela sensação de que eu não fiz o suficiente. Falta alguém. Me falta.”

“A gente tem que parar com essa coisa de “eu deveria ter feito isso, eu deveria ter feito aquilo”. Você não deveria, você tem que fazer, para de adiar o que tu sabe que vai te fazer bem. Sabe aquele cara que te cansa, aquele que não decide o que quer. Manda ele ir procurar outra. Sabe aquela pessoa que te critica que te diz que tu tem que fazer certo ou errado, manda ela ir se olhar no espelho, porque ela não anda melhor que você. A verdade é que a gente se culpa pelos erros, mas não tenta concertar eles. Vamos lá levanta desta cama, faz acontecer. Que história é essa de que você não tem apoio de ninguém? Olha, se a gente for depender do apoio de alguém nada acontece, nada vem. Sentado é que tu não vai conseguir nada, eu sei que ta difícil, que anda tudo muito vazio. Mas o mundo é assim, um dia é bom no outro, no outro é o que você anda vivendo.Então por fim, levante-se de onde você se aposentou, erga a cabeça, o que você quer, é aquilo que você deve conseguir, ao menos deveria. Chega de expressar sentimentos em forma de ficar parada, triste. Se lamentar não adianta. Isso é triste, eu sei, mas tudo um dia passa. Mas ficar parada se lamentando por algo não provável, não adianta, então presta atenção em que você quer na vida, onde esta seu foco. Mantenha-se em pé, firme e forte. Tu não conseguirás nada se ficares sentado observando a órbita do mundo. Não conquistará nada se apenas sonhar e não correr atrás. Esquece de todas as criticas, de todos os dedos apontados na sua face, de todos os adjetivos infames que lhe deram, você é melhor do que qualquer um ao seu redor, sabe porque? Porque você sabe disso; você sabe que pode conseguir o que quiser, sabe que a qualquer momento que lhe apontarem o dedo na sua cara dizendo que você não é capaz, você estará pronta pra ignorar e mostrar que é capaz de muito mais. Você vai além do que pensa, você PODE e DEVE ir além do que imagina. Mostre a todos que o maior amor é aquele que você sente ao olhar no espelho. Repita á si mesmo: “Acorda gurizada, eu sou melhor que qualquer um de vocês, eu sei disso. Eu sei, eu consigo, eu posso, e eu vou.””

“Não é só meu quarto que está bagunçado, é aqui dentro também. A noite passada foi marcada por lágrimas abafadas no travesseiro, e a razão, é claro, é você, é sempre você. As lágrimas saem cada vez com mais facilidade, como se fossem palavras escritas as pressas em uma carta, palavras de despedida, palavras desesperadas, clamando ajuda. Eu estou cansada disso tudo, dessa saudade que não passa, simplesmente não dá mais, não consigo mais sorrir pra ninguém - mesmo que não seja verdadeiro - é como se alguém tivesse pegado esse coração aqui - já machucado - e o amassasse de um jeito que ninguém, nem o melhor cirurgião plástico do mundo, poderia reconstruir. É esse coração que respira com força como se puxasse o ar com dificuldade e me faz acordar todos os dias esperando que tudo tenha passado e que possa viver de verdade, sem me preocupar com essa dor toda. E essas lágrimas abafadas no travesseiro, são as piores. São aquelas, que temos que chorar baixinho para que ninguém escute. Sem duvidas ninguém suspeita que eu pudesse estar triste, eu só vivo sorrindo. Pena que é só por fora, por dentro esta em colapso. Preciso tirar este sentimento de mim, afinal eu tenho que aprender a amar a mim mesma. Não consigo mais viver assim. Sufocada, abafada, em pedaços. Sabe quando você tá mal e sempre tem uma pessoa que te ajuda e sempre enfrenta tudo contigo? Era você. Agora me diz o que faço? Porque eu não sei de mais ninguém que possa me ajudar. E se eu te pedir pra voltar a ser comigo o que tu era antes? Tu aceita? Eu posso ta fazendo tudo errado de novo, mas quero fazer isso do teu lado pelo menos.”